Porque uma Marca de Sucesso é fascinante

Para se ter uma marca de sucesso é preciso criatividade e muita ciência

Competição: palavra-chave, onipresente na existência de qualquer ser vivo do planeta. 

Na base da Teoria da Evolução, ampliada e consolidada pelas evidências e argumentos científicos propostos por Charles Darwin (1809 – 1882) a partir da publicação de “A Origem das Espécies” (1859), existe uma constante competição entre as espécies, e também entre os indivíduos de uma mesma espécie. E você verá que, por incrível que pareça, isso tem tudo a ver com uma marca de sucesso.

Esta disputa, que ocorre em todos os reinos dos seres vivos (desde Vírus, Bactérias, Fungos, Protozoários, até Vegetais e Animais), em última análise representa a luta pela sobrevivência, e se dá pelos mais variados motivos: recursos (como comida, território),  abrigo, condições ambientais, preferência e atratividade sexual para a preservação da espécie, e, especificamente nos animais sociais, incluem-se motivos como liderança, preservação de status e autoridade. Há, enfim, toda uma série de atividades biológicas, e também de comportamentos e atitudes sociais, que giram em torno desta competição.

E há uma mensagem poderosa contida na luta pela sobrevivência, destacada por Darwin: as espécies e indivíduos que possuem melhor potencial evolutivo não são necessariamente os mais fortes, mas sim aqueles que melhor e mais rapidamente se adaptam às condições do ambiente, que por sua vez se apresenta em constante mutação. Pois é, a vida não é fácil…

E o que é uma marca de sucesso?

No universo empresarial, isso não é diferente. Poderíamos, num exercício metafórico, aplicar os princípios da Teoria da Evolução para analisar e explicar o comportamento e a evolução das empresas. Sim, pois afinal de contas, elas também nascem, crescem, algumas prosperam (não a maioria), e morrem (com algumas honrosas exceções). E a competição faz parte da vida de todas elas, em todas as etapas de sua existência. 

Hoje existem inúmeras empresas, produtos e serviços que competem todo o tempo para conquistar a preferência do consumidor. Este, por sua vez, tem cada vez mais alternativas e opções para preencher suas necessidades e desejos. Enfim, a vida não anda fácil para as empresas na busca da preferência do consumidor.

Para além disso, presenciamos recentemente uma transformação bastante significativa no mundo dos negócios: o barateamento da tecnologia, associado a abundância de capital.

A disponibilidade de capital faz com que projetos de novas ideias ou lançamento de novos produtos e serviços ocorra mais facilmente, pois os recursos encontram-se disponíveis, à procura de boas opções. Adicione-se a isso o barateamento da tecnologia, que traz inúmeras consequências para a empresas, para o bem e para o mal. 

Investimento Capital de Risco Europa
Investimentos de Capital de Risco na Europa (em € Bi) de 2013 a 2018. Fonte: Statista

No âmbito competitivo, uma das decorrências principais da viabilidade de acesso à tecnologia é nefasta: a velocidade e a facilidade com que inovações são copiadas. Em outras palavras, empresas geralmente gastam muitos recursos (financeiros, tempo, expertise, P&D) no desenvolvimento de soluções revolucionárias e disruptivas. E num piscar de olhos… pimba! Ela já está cheia de concorrentes, apresentando normalmente um produto ou serviço tão bom ou melhor que o seu, em muito pouco tempo.

Exemplos? APP’s de transporte implantados e funcionais, inexistentes há 10 anos, e que causaram uma transformação sem precedentes na mobilidade urbana – quantas empresas hoje existem, disponíveis em nosso smartphone a um toque de nossos dedos? O mesmo vale para empresas de seguro, serviços de saúde, instituições de ensino, serviços bancários, e por aí vai…

Construir uma marca de sucesso pode ser uma alternativa muito viável

Neste cenário, as Marcas, uma vez consideradas como ativo estratégico, representam uma importante ferramenta para que as empresas obtenham vantagem competitiva. E isso ocorre por uma razão muito simples: as Marcas são proprietárias, e não podem ser copiadas pelos concorrentes. 

Uma vez bem construídas e posicionadas, as Marcas passam a ocupar um espaço único, bem específico, na mente (e algumas vezes no coração) das pessoas, fazendo com que tenhamos, na escolha de serviços ou produtos de qualidade equivalente, uma predileção – subjetiva e muitas vezes inconsciente – por uma Marca em detrimento de outra. 

Afinal, o que uma marca de sucesso pode trazer de vantagem para uma empresa?

Às vezes, contra nossa racionalidade, até mesmo pagamos mais caro pelo mesmo nível de serviço ou produto de uma determinada Marca pela qual temos predileção.

Em nossa viagem aqui neste espaço, iremos explorar diversos temas relacionadas a esse poder que as Marcas possuem, as razões pelas quais esses fenômenos ocorrem, como se comporta o consumidor, as questões relativas ao funcionamento cognitivo, as diversas ferramentas que as marcas se utilizam para obter sucesso, enfim, vamos propor e discutir a cobertura de diversos temas relacionados ao universo das marcas.

Vamos juntos nessa viagem?

#marcaganhajogo

Referências:

FUTURO PRESENTE: O Mundo Movido a Tecnologia, Guy Perelmuter, Companhia Editora Nacional, 2019

A ORIGEM DAS ESPÉCIES e a Seleção Natural, Charles Darwin, Editora Madras, 2011

https://pt.wikipedia.org/wiki/A_Origem_das_Espécies

https://pt.wikipedia.org/wiki/Reino_(biologia)

Gostou? Inscreva-se e acesse conteúdos exclusivos

#marcaganhajogo Agile Marketing Agência de Propaganda Agência Pro Bancos Digitais Branding Brasil Carros Esportivos Catuaba Selvagem Cerveja Cid Gonçalves Filho Cinema Comunicação Comunicação de Marca Comércio eletrônico Conceitos de Marca Confiança de Marca Dan Ariely Diferenciação e-commerce Educação Educação Executiva emocional ESPM Estratégia Estratégia de Marketing estética estética do marketing Euler Brandão FDC Fundação Dom Cabral identidade corporativa Lucro marketing de experiência Marketing Ágil Mídia Propaganda Publicidade Racionalidade relacionamento Relevância Relevância de Marca Startup Story-telling Sucesso